02/03/2011

dentistas 1 x ginecologistas 0

Sempre que um homem reclama de ir ao dentista digo que é porque ele nunca teve que deitar naquela cadeirinha de ginecologista, ficar em posição de rã no cio, ser apalpado e ter objetos introduzidos com fins científicos.
Dia desses jurei nunca mais me consultar com um ginecologista que não tenha útero - nada contra os transexuais, mas só quem nasceu mulher pode saber o que é ter cólica, displasia mamária e TPM, entre outras aberrações do organismo feminino.
Mesmo com essa restrição, não tinha achado uma médica com sensibilidade o bastante. Mas hoje, depois de duas horas e quinze na sala de espera, achei a fulana que vai cuidar de mim e dos possíveis rebentos.
Pela primeira vez na vida deitei naquela cadeira e não senti incômodo, dor, constrangimento ou tudo isso ao mesmo tempo.
Finalmente estou liberada para xingar o dentista!

Um comentário:

  1. E como é difícil achar uma que nos entenda!!! afff...

    beijocas!!!

    ResponderExcluir